sábado, 11 de setembro de 2010


"ele nunca se apagava da minha memória e tanto tempo passou e eu nunca esqueci nem deixei de sentir oque ele me fez sentir pela primeira vez o amor"

Nenhum comentário:

Postar um comentário