terça-feira, 8 de março de 2011

Aprendi que

não posso exigir o amor de ninguém, posso apenas dar boas razões pra que gostem de mim, e ter paciência pra que a vida faça o resto. Que não importa o quanto certas coisas são importantes pra mim, tem gente que não dá a mínima. Aprendi que posso usar o meu charme por 10 minutos, depois disso, preciso saber o que estou falando. Que posso fazer algo em um minuto, e responder por isso o resto da vida. Aprendi que nos momentos mais difíceis, a ajuda vem justamente da pessoa que eu achava que ia tentar piorar minha vida. Que eu tenho o direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel e que jamais posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis e que eu preciso me perdoar antes de qualquer coisa. Aprendi que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiam. E, quando duas pessoas não discutem, não significa que elas se amam. Também aprendi que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas que eu acredito!

Andei pensando em você

mas não com a mesma veracidade de antes. Confesso que, as emoções que um dia eu pude sentir, eram meros enganos de um coração ferido e perdido no meio da ilusão furtiva, e desencorajada a cada segundo. "Hoje, quando te vejo chorar, Me dá vontade de sorrir, sim, me dá vontade de sorrir. No pior dos casos, me sinto mal por um momento, Mas de novo logo sorrio, e sigo adiante e sorrio"

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Sou a maior fã da sua vida, a carta II.

(...) Não sei bem, o motivo da carta... Ela não mudará nada... Ela não vai retirar a sua dor. Mas, saiba, e entenda um dia... Que eu nunca quis te fazer sofrer assim... E o meu pior erro, foi fazer você gostar de mim, me amar... E a melhor coisa que eu fiz na minha vida, foi poder te amar... Foi poder te acariciar, te confortar nos meus braços. Me perdoe pelos egoismos, que partiram de mim... Eu parei sua vida, pela minha. Mas agora continue a sua vida, não pare por ninguém... Veja teus conceitos, e siga á eles. Você é forte ao bastante pra viver, independente de quem for meu amor... Agora vou fechar os olhos, pra você poder ser quem você é. Coloquei teus pés no chão... Tentei ensina-la a andar... Infelizmente, lhe dei um choque. E agora é a sua vez... Quando precisar... converse comigo. Eu não sei, mas te ouvirei. Eu te amo, minha. - Caio Ventura - [Rise - Eddie Vedder] "

Sou a maior fã da sua vida, a carta.

Sai da sala que ele estava, sem saber que aquela era a ultima vez que eu o veria respirar... com dificuldade, porém vivo. Que eu veria aquele sorriso perfeito, contradolor, que tomava conta do meu ser. Fui para minha casa, e dormi. Na verdade, não consegui dormir direito. Ouvi o telefone tocar, mas eu estava meio sonolenta, prefiri não atender. Eram 5 e meia da manhã, quando tocou. Depois fui ver na bina, era o hospital que havia ligado. Eu voltei a dormir mais. E na hora que acordei, eu li a carta.
" Eu poderia fechar os olhos, e simplismente descançar. Esquecer de todos os meus problemas... Mas prefiri lutar por alguém que me deu a vida novamente. Por pouco tempo, mas que foi mais forte que eu. Que além de tudo, esteve comigo. Impaciencia minha, conseguir dizer tudo... É impossível, dizer o que se passou pela minha mente. Que desde o primeiro dia que você me conheceu, creio que você não entendia. Desde o inicio tive medo de me envolver contigo, porque reconheci seu olhar... Seu sorriso, que parecia ter vindo de outras vidas. Você foi e sera eternamente, a minha menina. Eu nunca desviarei meus olhos de você, mesmo lá em cima. Ou onde quer que eu esteja, que na verdade eu tenho medo do que pode estar pela frente... Eu lhe digo, continue sua vida, seja feliz por mim. Não vou dizer que não dói, saber que estou te deixando. Estou levando meu corpo tão jovem, a outro lugar. O lugar que você não está... O meu corpo, sem o seu.... O meu ser sem o teu, que sofre tanto sua ausência. Eu quero te amar... Eu quero ser somente seu. Quando tú cair, quero te segurar. Lembre-se das vezes que ergui teu rosto, e disse " Vai ficar tudo bem" . E agora recorde das vezes que você me disse as mesmas palavras. Vá enfrente, lute mais uma vez, e cumpra. Porque vai sim... Ficar tudo bem. Poderia escrever trechos de músicas... Poderia procurar no dicionário palavras com os significados mais fortes, pra poder escrever aqui... Ou eu poderia tentar te decifrar, mas me parece tão impossível... Aonde quer que eu esteja, eu estarei por você. Magneticamente, meu corpo se foi... Nesta manhã. Eu não sei como você ficará, não pedirei pra ficar bem, porque eu sentia a sua sintonia, a nossa sintonia... E percebi o quanto forte ela era... e é. Então será impossível, você ficar tão bem assim... Mas eu tenho fé em você, tenho fé na sua alma. Eu sentirei dor, estregulando o meu coração... No céu, no inferno... Na terra, aonde quer que eu vá... Tu és minha mas, são dois caminhos... Siga o teu, estarei seguindo o meu, com os pensamentos em ti. (..)

Sou a maior fã da sua vida II.

- Eu preciso ir embora. Estou cheio de dores, me permite te deixar?
O poder de me fazer sorrir, de me fazer pular de alegria, de me deixar tranquila... Era o poder de me fazer chorar, de me fazer cair no chão, e de me deixar desesperada.
- O que esta pensando, Caio?
- Que estou morrendo.
- Por que tá dizendo isso?
- Eu estou totalmente fraco. Mas não quero falar isso... Quero falar algumas coisas, sobre você, sobre mim, sobre nós, sobre a vida.
- " A perfeita menina, dos meus sonhos... Da minha alegria, do jeito de me deixar feliz, a única que pode me afetar... Os gestos iguais a de uma deusa. " - Ele disse - Destinguir você, seria egoísmo com a sua belesa interior e exterior. Eu aprendi a viver demais com você Ana Clara, aprendi a ser feliz, mesmo nos momentos mais tristes... A vida pode me tirar de perto de você - Ele começou a tossir - Meu coração pode fraquejar agora... Ou daqui um minuto, mas dentro dele, estará você. E eu queria poder dizer que... Ele sempre baterá por você.
- Eu te amo, eu te amo... - Abracei ele. - O que está acontecendo?
- Pega aquela mochila ali... E dentro do bolsinho menor, tem uma carta pra você. Eu sabia da data da minha morte... Eu sabia sim, mas nao queria lhe contar. Tentei prolongar ao meu máximo, tentei sorrir por você. Mas chegou minha hora... - Ele fez carinho no meu rosto. - Leia depois essa carta. - Ele sorriu.

Sou a maior fã da sua vida I.

- Eu só queria achar um doador... Só isso. - Ela olhava vazio pro nada, e isso me estrangulava.
- O seu sangue não é compatível? Tem certeza?
- Não é mesmo Aninha... Já tive que doar antes pra ele, e deu tudo errado por não ser o mesmo tipo sanguineo.
- Eu sinto muito. Muito mesmo... - Fiquei quieta.
Os dias foram se passando, sem nenhuma novidade, nada fora do comum. Eu passava as noites no hospital com o Caio, ele não dormia bem há semanas. E por isso, eu ia pra casa durante o dia, que era o horário que eu, e ele dormiamos. A rotina foi igual em duas semanas. Dia 14 de Julho chegou... Achamos uma doadora, com o mesmo tipo sanguineo, era uma bençao pra mim, pra Dominique, e principalmente pro Caio. Ele parecia estar melhor depois de ter recebido um litro e meio de sangue. Muito, eu sei.
Preciso partir logo pra parte dolorosa... Porque aprendi que nada é pra sempre, aprendi que a felicidade é um sentimento bom, mas momentaneo. Tudo o que a vida te dá, ela arranca do jeito mais doloroso... Da forma que mais te põe no chão. O seu orgulho acaba... Seus pés caminham, mas sem rumo algum... Seus olhos começam a enchergar o mundo de outra forma... Comecei a enchergar com raiva, com desgosto...
- Oi meu amor. - Eu cheguei, dez horas da noite no hospital.
- Oi linda.
- Como voce tá? - Segurei as mãos dele
- Eu to indo embora...
- Como assim?

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

eu amo você.

A cada dia que passa vejo como somos perfeitos um para o outro.Nos encaixamos.Damos sentido à nossa existência.Fazemos tudo valer a pena e se eu achar,mesmo que por um segundo,que te perdi,o mundo não fará mais sentido pra mim.Nada faz sentido longe de você,longe do meu amor,da minha vida .. É ao seu lado onde eu quero,e devo,sempre estar,pois é nos seus olhos que encontro meu mundo.Você me fez ver que nem tudo estava perdido,que sempre há uma saída,um recomeço,um novo livro à ser escrito .. Não importa se sua história é longa ou curta,e sim,qual é.A nossa é verdadeira,intensa,apaixonada.Nós somos os autores da nossa própria história,tudo depende de nós.O título,o parágrafo,o capítulo,então só cabe à nós torná-la um best - seller.Em outras palavras: Depende de nós não deixarmos esse amor ter um fim.

É horrível pensar nessas coisas,mas estar preparada é melhor.Adeus.

O dia do “Adeus” chegará mais cedo ou mais tarde.Terei que ser forte.Seguir em frente sem olhar para trás.Não sei quem vai ceder primeiro,pode ser você ou eu.Não importa qual,pois vai doer da mesma forma.Nunca é fácil deixar partir quem você ama.Tudo me lembrará você.E as promessas ? É,não fazem sentido algum.Sabemos que não é para sempre.A verdade é cruel,porém,inevitável.Só rezo todos os dias para que depois não tenha ressentimentos,arrependimentos.Quero poder relembrar tudo e ter a sensação de paz,alegria .. Saber que aproveitei ao máximo tudo ao seu lado.Só nos resta esperar para poder falar: “Eu te amei,mas acabou.Adeus!” Virar e sair andando seria grosseria,mas é isso que fazem,não é? É horrível pensar nessas coisas,mas estar preparada é melhor.Adeus.

domingo, 23 de janeiro de 2011

"Trate de inibir seu olfato quando vê-lo para não se sentir novamente enfeitiçada por aquele perfume e, se possivel, nem olhe para ele. Porque no fundo, você sabe que pode esquecê-lo. Você só não quer.. Porque acha que, no intimo dele, ele te ama em silêncio. Mas essa é apenas uma possibilidade. Não se esqueça, porém, que ele pode simplesmente não lembrar de você ao dormir e ao acordar, como você sempre faz com ele. Mas qual é, garota! Você é linda e tem consciência disso. Só precisa aproveitar essa beleza para virar o jogo. Creia: apesar de sempre dizerem o contrário, você não tem noção do poder que nós, mulheres, exercemos sobre os homens. Então, lave essa cara, vista-se com seu melhor vestido e calçe o seu sapato mais chique. E passe por ele. Então, será o seu perfume que o enfeitiçará, mas dessa vez, com uma diferença: ele não irá nem sequer ouvir a sua voz, nem vê-la olhar para ele. Porque, enquanto ele espera por um olhar seu, um pequeno olhar que seja, você já estará acompanhada, com um cara que sabe dar valor a garotas de verdade, como você. E ele continuará com as outras mil. Mas agora tendo a consciência de que nem mesmo todas elas juntas chegariam aos seus pés."
Palavras bonitas e carinho: é isso que ele te dá. Fazem juras de amor eterno. Ele dá sua palavra que não olha mais para aquela ex linda e você, idiota e apaixonada, acredita. Doce ilusão… Mentiras vem à tona e todo aquele romance clichê chega ao fim. Você, não querendo perdê-lo com completo, tenta manter a amizade. Grande besteira: ele tem a capacidade de contar sobre ela para você. E logo ela.. sua grande rival, a quem você não chega nem aos pés. Você luta, mas sua mente imagina beijos e carinhos. Será que ele a trata como te tratava? Olha pra ela com aquele olhar e sorriso que você tanto ama? É… imaginar é foda.
Você acha que é forte porque vê seu ex namorado com outra e consegue não chorar? você acha que é forte porque nenhum dos seus amigos entende as suas neuras? você acha que é forte porque não desiste de um garoto, mesmo que ele nem saiba da sua existencia? voce acha que é forte porque seu coração foi partido? então eu vou te dizer o que é ser forte. ser forte é ter cancêr e viver lutando pra mais um dia de vida, é estar morrendo num corredor de hospital esperando numa fila que parece nunca ter fim, ser forte é ver seu filho com fome chorando pedindo por comida e não poder alimenta-lo, ser forte é perder toda a sua familia numa enchente e ter que enfrentar o mundo sozinho, ser forte é viver na rua, sem comida, agua sem esperança, ser forte é ser criticado, ofendido, so por causa da cor da sua pele, ser forte é viver nesse mundo onde ninguem percebe a dor da pessoa que esta ao seu lado.

via (http://linconfernando.tumblr.com/)

domingo, 9 de janeiro de 2011

"Tudo que vai volta (...)"

Muitas vezes só precisamos de um tempo.Poder colocar tudo no lugar e pensar no que realmente queremos.Difícil é saber quanto tempo levará para tomarmos nossas decisões,que podem ser boas ou ruins.Querer um tempo só para si,não é egoísmo e sim amadurecimento.Será o tempo que teremos para nos descobrirmos e,tentarmos,entender qual o nosso propósito num mundo cheio de inveja,ódio,avareza .. Um mundo em constante movimento,por isso,não devemos perder muito tempo,pois ele não voltará,não é como um passo que pode ser dado para frente ou para trás.É a sua vida,suas escolhas,a sua história e isso pode afetar as pessoas à sua volta,queira você ou não.Mas por saber como é difícil nos entendermos,te dou o tempo que precisar.Mas veja bem,cada um tem um conceito sobre o tempo,enquanto isso ele continua passando e não temos respostas.Novas perguntas são formadas mas sem a esperança de serem respondidas.Cada ponto de interrogação dentro de nós,se tornam exclamações.Estamos gritando pedindo por respostas,posso ouvir até o eco,pois o que encontramos é um grande vazio,já que não querem nos ajudar.Mas um dia chegará sua hora e não vou estar aqui para te ajudar,assim como não pude contar com você nesse momento.Tudo o que vai,volta.

E vou me reveitando a cada dia,Tenho lembranças e nao saudades.

Confundo tudo, principalmente, meus sentimentos. Mas nunca deixo que percebam isso, me passo por um mulher segura . Meus relacionamentos sempre tiveram mais haver com amor do que propriamente desafios. Prefiro a madrugada do que o dia. Curto seriados e musicas. Faço prazos a mim mesmo toda hora. Antes de dormir vivo todas as minhas vontades em pensamentos. Gosto de praia, não do mar , sou de peixes e acho legal ler meu horóscopo, não que eu acredite que ele adiante de alguma coisa, eu simplesmente gosto de lêr. O meu maior defeito é não fazer planos. Gosto de rir com bobagem e encontro na leitura um refúgio para o vazio que me preenche de vez enquando. Amo a nostalgia que algumas músicas e cheiros me fazem sentir até hoje. . .Sou cheio de pequenos detalhes e manias que eu nem vou escrever aqui. Mais vivo intensamente cada momento, tao intenso que as vezes quero tanto, tanto que acaba perdendo a graça.E vou me reveitando a cada dia,Tenho lembranças e nao saudades.

Autoria desconhecida.

Percebi hoje, que tenho que me acostumar com a sua ausência.
Não é medo, e precaução.
Não quero sentir necessidade, de nada que eu não possa controlar.
Não é egoísmo, é precaução.
Mudarei minha frase predileta, para que ela não tenha nada de você.
Não é plágio, é precaução.
Deixarei o casaco na bolsa, para quando sentir frio e seu abraço não for mais uma opção.
Não é ansiedade, é precaução.
Não tomarei mais banho quente, para que o vapor não me sirva de papel.
Não é frescura, é precaução.
Tirarei o álbum de retratos antigos da gaveta, para que você não seja minha única lembrança.
Não é masoquismo, é precaução.
E que as mudanças que estão para chegar, não mudem meus planos.
Mais uma vez.

Tarde demais!

"Toca o telefone... Uma voz mansa e suave responde do outro lado da linha: ELE: Alô? ELA: Olá! ELE:Quem é? ELA: Sou eu, a felicidade iludida. ELE: O que tu é e oque tu queres? ELA: Dizer que te amo ELE: outra vez? eu ja ouvi isso 15 vezes, não te cansa? ELA: quem ama não cansa... ELE:mas eu canso... Eu não te amo! ELA: O que? ELE: É isso mesmo, eu iludo e por isso me chamo ilusão do amor Neste exato momento uma lagrima de sangue corre a face da menina até o momento de cair no chão ELA: Como você pode dizer isso? ELE: Dizendo que não te amo. Não deve nada a ninguem. ELA: Não deve nada? ELE: É claro que não. ELA: Deve sim, o teu amor ELE: Quê? Amor? ELA: Sim... você me faz voar tão alto e agora diz que não me ama? ELE: Deve estar ficando louca! E AS LAGRIMAS INSISTENTEMENTE NÃO PARAVAM DE ROLAR... ELA: Estou mesmo louca... Pois acreditei em você! ELE: Você sabia que era só amizade não? ELA: Claro que não... Você me disse tantas coisas... e ainda me deu um beijo! ELE: Beijo? Aquilo nem foi beijo... ELA: Não foi? então oque foi? ELE: Ok... foi um beijo sem significado ELA: Ah i um beijo sem significado deixa de ser beijo? ELE: Não ELA: Quer dizer que eu não significo nada pra ti ? ELE: Significa ELA: O que? ELE: Uma grande conta de telefone no final do mês... Agora vou desligar. ELA: Não por favor ELE: Porque? ELA: Porque te amo... ELE: Qual o valor que o 'teu amor' vai me dar? ELA: A felicidade ELE: Eu quero coisas materiais... ELA: Eu vou ser tua... ELE: Isso não vale, quanto você vale? ELA: Porque essa pergunta? ELE: Se eu enjoar de ti posso-te colocar na bolsa de valores? ELA: Oque é que eu fiz para tratares assim? ELE: amar-me! Agora vou desligar! ELA: Não por favor! ELE: Quer parar com isso? TO FARTO! ELA: Não por favor não desligues. ELE: ? ELA: Fala comigo... ELE:? ELA: Por amor de Deus, diz que me ama! ELE: OUVE... eu já estou farto de você! Agora vê se me esqueçe. ELA: Eu prefiro morrer a te esqueçer ELE:Ai é? Então mata-se! TUTUTU.... ELA: Não... por favor... não me faça isso eu 'te amo' - Doque morreu esta menina? - PERGUNTOU UM CURIOSO... - De intoxicação provavelmente... tomou varios compremidos em muitas quantidades. - RESPONDEU A ENFERMEIRA... - Coitada... ela tinha algum problema? - Sim, sofria de amor... E ENTÃO NO DIA DO FUNERAL DA MENINA O RAPAZ QUE ELA AMAVA APAREÇEU NU LOCAL PRESTANDO SUA ULTIMA HOMENAGEM E LANÇOU UMA ROSA VERMELHA E DISSE BAIXINHO: - eu amo você ê. LA EM CIMA ELA ESTAVA VENDO TUDO, E RESPONDI PARA SI MESMA E PARA OS QUATRO VENTOS QUE SOFRAVAM - Tarde demais!

domingo, 2 de janeiro de 2011

É, EU AMO O INVERNO ! K

Dormir no inverno: deitar, dormir.
Dormir no verão: deitar, trocar de posição, colocar o travesseiro no ouvido, trocar de posição, mosquito, trocar de posição, tirar a blusa, ir para o chão, voltar para a cama, mosquito, ficar refletindo sobre a vida já que não consegue dormir, trocar de posição, dormir e 5min depois, despertador.
Abraço no inverno: não querer sair por estar tão aconchegante.
Abraço no verão: querer desesperadamente sair mas não consegue porque as peles grudaram.
Conversas no inverno: blábláblá…
Conversas no verão: PQP QUE CALOR INFERNAL!
Roupas no inverno: calças, moletons, cacharreis, casacos…
Roupas no verão: shorts e regata.
Aula no inverno: alunos atentos por não estarem distraídos com bichos ou ventiladores.
Aula no verão: “AI, UMA ABELHA, MATA MATA, EU SOU ALERGICA!!!!”
Balada no inverno: gente limpa, com roupas agradáveis.
Balada no verão: calor, suor, gente com pizza de baixo do braço e o pior, vindo pra perto de você falar: “Qual é o nome da gatinha?”
Comer no inverno: delicioso.
Comer no verão: “Nossa acho que engoli um bicho”
Ir pra aula no inverno: “Pai, ta chovendo, me leva de carro?” “Tudo bem filho”
Ir pra aula no verão: “Pai, ta muito quente, me leva de carro?” “Ah meu filho, sua irmã ta com virose, não posso ficar saindo não!”
Chocolate no inverno :exatamente no ponto, na temperatura certa sem nem ter passado na geladeira.
Chocolate no calor: “Isso é merda?”
Namorar no inverno: “Vamos ver um filme amor?”
Namorar no calor: “Sai pra la e leva seu calor corporal junto com você!”
Viajar no inverno: viagem agradável, todos calmos.
Viajar no verão: “Pai para na próxima lanchonete pra gente tomar um ar?” “Abre essa janela!” “Não, fecha a janela que meu cabelo vai ficar bagunçado” “Engolir besouro faz mal?”
Se arrumar pra balada no inverno: Fazer escova, maquiar, trocar de roupa e pronto.
Se arrumar pra balada no verão: Fazer escova, maquiar, trocar de roupa, fazer escova, maquiar, trocar de roupa, fazer escova, maquiar, trocar de roupa, fazer escova, maquiar, trocar de roupa, fazer escova, maquiar, trocar de roupa, fazer escova, maquiar, trocar de roupa…. E… “Já ta na hora? Ainda tenho que fazer escova, olha meu cabelo como ta!!! Não vou mais!”
E A ÚNICA QUALIDADE DO VERÃO:
Acordar no inverno: “Ah não, quero ficar mais… Pai, posso faltar?” “Não filho”
Acordar no verão: “Graças a Deus, não aguentava mais ficar nesse poço de calor”

O QUE É AMOR?


Amor é quando você fala para um garoto “que linda camisa ele está vestindo” e aí ele a veste todo dia.
- Noelle, 7 anos.

Amor é quando você sai para comer e oferece suas batatinhas fritas, sem esperar que a outra pessoa te ofereça as batatinhas dela.
- Chrissy, 6 anos.

Amor é quando alguém te magoa, e você mesmo muito magoado não grita porque sabe que isso fere seus sentimentos.
- Samantha, 6 anos.

Amor é quando seu cachorro lambe sua cara, mesmo depois que você deixa ele sozinho o dia inteiro.
- Mary Ann, 4 anos.

Amor é quando minha mãe faz café para o meu pai e toma um gole antes para ter certeza que está do gosto dele.
- Danny, 6 anos.

Amor foi quando minha avó pegou artrite, e ela não podia se debruçar para pintar as unhas dos dedos do pé. Meu avô desde então, pinta as unhas para ela.
- Rebecca, 8 anos.
O amor não é quando o seu amor corre de você no pega-pega, e sim quando ele te da a mão e chama para correr com ele.
- Mary, 6 anos.
Garotas gostam de abraços, de beijos inesperados, gostam de brigadeiro de panela, de bolo de caneca. Garotas, gostam de sentir segurança, amor e desejo, gostam da sensação dos dedos dele percorrendo seu cabelo. Gostam do toque das mãos dele nas dela, de como seus corpos se encaixam. Garotas gostam de uma ligação no meio da tarde, uma mensagem de bom-dia. Flores no café da manhã, beijos de despedida, beijos de reencontro. Elas gostam de ter sempre razão. Mas no fundo elas só querem ser importantes o suficiente para passar horas deitada em seu ombro, planejando o futuro, imaginando e torcendo que seja para sempre, que seja perfeito.