sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Sou a maior fã da sua vida, a carta II.

(...) Não sei bem, o motivo da carta... Ela não mudará nada... Ela não vai retirar a sua dor. Mas, saiba, e entenda um dia... Que eu nunca quis te fazer sofrer assim... E o meu pior erro, foi fazer você gostar de mim, me amar... E a melhor coisa que eu fiz na minha vida, foi poder te amar... Foi poder te acariciar, te confortar nos meus braços. Me perdoe pelos egoismos, que partiram de mim... Eu parei sua vida, pela minha. Mas agora continue a sua vida, não pare por ninguém... Veja teus conceitos, e siga á eles. Você é forte ao bastante pra viver, independente de quem for meu amor... Agora vou fechar os olhos, pra você poder ser quem você é. Coloquei teus pés no chão... Tentei ensina-la a andar... Infelizmente, lhe dei um choque. E agora é a sua vez... Quando precisar... converse comigo. Eu não sei, mas te ouvirei. Eu te amo, minha. - Caio Ventura - [Rise - Eddie Vedder] "

Nenhum comentário:

Postar um comentário